Comer carne vermelha pode causar câncer?

Um relatório recente da Agência Internacional de Pesquisas sobre o Câncer (IARC) determinou que o consumo de carne vermelha e processada está relacionado ao aumento dos riscos de câncer.

Hoje, você conhecerá detalhes sobre carnes processadas e não processadas.

Uma delas é muito pior para a sua saúde e pode causar câncer se consumida em excesso.

Veja: 4 coisas que acontecem quando você para de comer carne

Descubra se comer carne vermelha realmente pode causar câncer

Carnes processadas

Quando você pensa em uma carne processada, pensa em um produto que dura muito tempo nas geladeiras e prateleiras do supermercado. Veja alguns exemplos:

  • Salsicha
  • Bacon
  • Linguiça
  • Carne enlatada
  • Carne em conserva

Por definição, produtos de frango e peru – tais como salsicha de frango e peito de peru – também se enquadram nessa categoria, mesmo sendo carnes brancas e não vermelhas.

Esses produtos, para que possam durar mais, passam por longos processos e são alterados com a adição de produtos químicos, aromatizantes e conservantes. São esses processos que podem causar câncer.

Saiba: Quais são os alimentos que ajudam a prevenir o câncer?

Carnes não processadas

Quando falamos de carnes não processadas, falamos de praticamente todas aquelas que são vermelhas enquanto cruas. Veja alguns exemplos:

  • Vaca
  • Porco
  • Vitela
  • Cordeiro
  • Carneiro
  • Bode

Embora a carne não processada não contenha todos os produtos químicos da carne processada, ainda assim é preciso tomar cuidado. Os antibióticos e hormônios ingeridos pelo animal antes do abate podem causar câncer.

Procure sempre optar pela carne orgânica, já que ela possui pouca (ou até nenhuma) quantidade de hormônios ou substâncias artificiais em sua composição.

Veja Também: Câncer de Mama, fique atenta!

Resultados dos estudos da IARC revelam dados surpreendentes

O IARC reuniu 22 cientistas de dez países para realizar mais de 800 estudos sobre mais de 12 tipos de câncer.
Eles avaliaram 984 agentes possivelmente cancerígenos – desde produtos químicos até empregos – e reuniram todas as evidências em uma grande revisão.

Após a análise dos dados, os pesquisadores estimaram que a cada 50g de carne processada ingerida diariamente (como uma salsicha ou 3 fatias de salame), os riscos de câncer colorretal aumentam 18%.

Veja: 5 razões para comer menos carne vermelha

Carne vermelha oferece riscos de cancer

Apesar de existirem também ligações entre o consumo da carne vermelha e a doença, foi observado que a carne processada oferece mais riscos de causar câncer.

Agora, os cientistas classificam a carne processada como um conhecido agente cancerígeno, colocando-a na mesma categoria do tabaco. No entanto, uma fatia de bacon é muito mais saudável do que um cigarro, embora os dois possam causar câncer a longo prazo.

A carne vermelha, por sua vez, foi inserida no grupo cancerígeno 2A, o que significa que ela pode causar câncer, mas ainda não há evidências que provam isso.

Veja Também: Largar o cigarro é possível: Confira 5 dicas para você parar de fumar de vez

Foi descoberto, também, que dois componentes se formam na carne vermelha quando ela está sendo cozida:

  • HCA – é formado quando a carne atinge altas temperaturas
  • PAH – é formado quando a carne é grelhada

Isso significa que a forma como você cozinha a carne interfere diretamente na sua saúde. Embora os estudos não estejam ligados diretamente a mortes por câncer, esses são dois componentes com os quais você não deve brincar.

Lembre-se: há muitos agentes que podem causar câncer. O que precisamos fazer é nos alimentar bem a maior parte do tempo. Nada de exageros e nossa saúde agradecerá!

Mais: 5 terapias para você parar de fumar

Comente